Projeto Viário e Relatório de Impacto de Circulação


Projeto Viário, RIU

O Projeto Viário   ou   Relatórios Impacto de Circulação – RIU  serão desenvolvidos de acordo com o Roteiro Básico fornecido pelo órgão licenciador, compreendendo em linhas gerais os seguintes grandes tópicos:
• Introdução;
• Perfil do Empreendimento;
• Avaliação do Impacto do Empreendimento; e
• Definição das Medidas Mitigadoras.

O objetivo final é a avaliação dos impactos decorrentes da implantação e operação do Empreendimento no sistema viário de seu entorno e quando se tratar de impactos “negativos”, a proposição de medidas mitigadoras destes impactos.

o plano de trabalho para a elaboração do PV, com suas diversas etapas e fases, enumera os produtos que serão elaborados e apresenta o seu orçamento para o desenvolvimento dos estudos.

Plano de Trabalho

Levantamento de dados
Esta atividade abrange o levantamento e a análise de todos os dados e informações relevantes disponíveis, capazes de subsidiar o processo de elaboração do PV.
Os dados a serem quantificados pertencem a duas categorias básicas: oferta e demanda. Para caracterizar a oferta será necessária, além dos dados obtidos em base secundária (disponíveis em estudos técnicos existentes e ou informações no município ), a realização de diversos levantamentos e medições complementares.

Para tanto serão levantados os dados através dos seguintes procedimentos:
• Levantamento dos estudos e projetos viários porventura existentes para a região do entorno, considerando inclusive as possíveis alterações previstas pelos projetos viários e de transporte em fase de estudo e ou implantação pela órgão ;
• Cadastramento expedito das edificações e dos equipamentos em uso existentes no entorno do Empreendimento;
• Levantamento junto aos órgãos competentes de informações disponíveis para possibilitar a determinação dos indicadores operacionais relevantes para o estudo (volume de tráfego; composição do tráfego; etc.);
• Estimativa dos dados e informações operacionais de demanda e capacidade do próprio Empreendimento, tais como: volume de tráfego no estacionamento, inclusive a distribuição por faixa horária e dia da semana; dados sobre carga/descarga de mercadorias; capacidade do estacionamento; volume de pedestres; etc, (Estudo existente será analisado para verificar se atende aos requisitos caso negativo será emitido uma nova proposta para o serviço)